NOVA LINHA DE CRÉDITO PME – “PME Crescimento”

Governo anuncia nova linha de crédito bonificado de apoio às empresas.

Os novos apoios financeiros às empresas estão fixados em 1.500 milhões de euros. A nova linha de crédito bonificada que sucede às anteriores linhas de crédito PME Invest, designa-se agora de “PME Crescimento”, e tem como objectivo apoiar a maioria das PME´s.

 

Finalmente Álvaro Santos Pereira apresentou uma medida de apoio às PME’s.

Esta nova linha de crédito de apoio às empresas portuguesas acordada com a generalidade dos bancos a operar em Portugal, entra em vigor ainda este mês, mais concretamente, a 16 de Janeiro.

A repartição dos 1.500 milhões de euros está definida da seguinte forma:

1) 250 milhões de euros serão encaminhados para Micro e Pequenas empresas;

2) 500 milhões de euros vão para empresas exportadoras;

3) 750 milhões de euros destinam-se à generalidade das empresas que estejam certificadas pelo IAPMEI como sendo PME´s.

Em termos de plafonds máximos definidos para concessão de crédito através desta linha PME Crescimento, os valores fixados são de:

i) 25 mil euros para as Micro empresas;

ii) 50 mil euros para as Pequenas empresas.

O Ministro da Economia referiu ainda que o spread irá aumentar relativamente às anteriores linhas de crédito PME Invest, pois o spread apontado é de 5%.

A este apoio financeiro destinado às PME´s, acresce ainda o reforço das linhas de seguro de crédito à exportação tendo subjacente as habituais garantias do Governo.

Fica a restar apenas a aprovação da banca da totalidade dos 1.500 milhões de euros de crédito às empresas.

 

11 Comentários

  1. ana

    Tenho uma media empresa de prestação de serviços, e neste momento precisa de algum financiamento para pagamento que tenho em atraso seg.social e finanças .Estou considerada como uma pequena e media empresa certificada pelo iapmei, será que poderia me candidatar a nova linha de credito das PME

  2. Alvaro Domingues

    Bom dia . Antes demais gostaria de saber onde posso saber mais dados para a possivel candidatura .Em Maio de 2011 tentei arriscar e fiquei com uma loja de animais onde todos os encargos foram meus pois na altura não requeri nenhum apoio ou crédito . Tendo em conta os desenrolares actuais e a propria conjuntura económica neste momento preciso de algum apoio financeiro . Pois o Governo apela á criação do próprio posto de trabalho . Eu criei o meu mas os apoios que recebi foram nulos . Aguardo uma resposta . Obrigado

  3. Gostaria de saber se é possível ter algum apoio financeiro para a minha empresa. Criei uma empresa de apoio domiciliário em 2009, com apoio do centro de emprego e criei, com o meu 5 postos de trabalho, está a ser muito dificil manter a empresa, mas também não posso fechar pois tenho um contrato com centro de emprego. Poderei ter acesso a algum apoio, o a algum investimento?

    Obrigada

  4. qual a decomentação nesseçaria para aderir e quais os bancos que ja estao a aceitar candidaturas e qual o tenpo de espera deppois de entregue toda a decomentação

  5. não vejo onde as empresas se podem apoiar, quando nos dizem que o spred a dar aos bancos é de 5%, não há duvida que é uma grande ajuda!!!!!!!!!!!!

  6. vitor pinto

    tenho uma pequena media empresa ,que passou no ano passado por algumas dificuldades ,tenho dividas as finanças e segurança social,
    posso negociar com o banco para ter acesso a uma linha de credito destas?

  7. Joana Nunes

    Boa noite,

    Encontro-me desempregada e gostaria de criar uma Creche em Leça da Palmeira. Já fiz o levantamento de alguns dados mas fiquei na dúvida até que ponto será viável!!! Em todo o caso, não possuo condições financeiras para o fazer. A quem poderei recorrer financeiramente? Investidores? Empréstimos? Qual é o apoio financeiro que o centro de emprego dá com o programa “Estimulo 2012″?
    Gostaria também de saber quais os passos orientadores a seguir. Será que me podem ajudar?

    Obrigada pela atenção disponibilizada,

    Atentamente

    Joana Nunes

  8. Ana Patrícia Gonçalves MArtins

    Boa Tarde, a situação é igual para todos, neste momento, também temos uma escola, mas as divídas da segurança social e finanças, estão a pôr em risco o futuro, temos património para avaliar, para condições bancários.O que poderia fazer, sou educadora, gerente das divídas, obrigado.
    Com Cumprimentos
    Ana Martins

  9. Carlos Oliveira

    Boa tarde, 

    Possuo um centro de estética na zona norte do país, gostaria de fazer algum tipo de promoção e alterações na empresa para impulsionar as vendas. Existe algum tipo de apoio direccionado para empresas em actividade que necessitem de apoios para potenciar a sua acção na área de negocio. 

    Melhores cumprimentos, 
    Carlos Oliveira

  10. Boa noite , tenho uma microempresa ligada á Reparação de Plasticos direccionada para o Ramo Automovel , que criei com a participação do centro de emprego pois estava desempregado na altura .
    Abri a empresa no final de 2010 , mas os primeiros 8 ou 9 meses foram muito complicados , pois o conceito era novo .
    Hoje já estou a trabalhar a todo o vapor e clientes não faltam. 
    O problema é que criei nesse espaço de tempo algumas dividas , Segurança Social , Contabilidade , alguns fornecedores 
    Preciso de ajuda financeira  pois gastei o que tinha e tambem as reservas. Neste momento tenho incidentes Bancários ,no meu caso será possivel obter ajuda ?
    Na minha regiáo a minha loja -oficina é única .

    Cumprimentos 

    Aguardo contacto

    Abilio Vieira

Deixe o seu comentário

 

TV ONLINE