21 MIL MILHÕES DE EUROS DE APOIOS FINANCEIROS PARA PORTUGAL

Euro en hausseO novo Quadro de Referência Estratégica Nacional (QREN) que irá vigorar entre 2014 e 2020 vai disponibilizar 21 mil milhões de euros a Portugal.

 Os novos fundos QREN designados por ‘Portugal 2020′ serão utilizados essencialmente para dinamizar as empresas e promover o emprego.

Neste contexto, as empresas portuguesas são as que mais vão beneficiar com os fundos europeus já a partir de Janeiro de 2014 – são importantes apoios financeiros do QREN para o tecido empresarial português, sendo que o foco da concessão destes apoios europeus será a melhoria da competitividade. 

Segundo a notícia do “Correio da Manhã”  de hoje Portugal vai receber fundos comunitários europeus já a partir de 2014 na ordem dos 21 mil milhões de euros, correspondendo a maior fatia ao apoio financeiro às empresas e aos desempregados.

As zonas mais desfavorecidas terão acesso a 19,5 mil milhões. Esta verba destina-se às regiões do Norte, Centro, Alentejo e Açores. Para o Algarve, Lisboa e Madeira apenas estará disponível o restante valor dos fundos europeus, correspondendo a 7% do valor global que cabe a Portugal. O Governo já entregou a Bruxelas a proposta do novo Quadro de Referência Estratégica Nacional (QREN) - “Portugal 2020′”.

O Governo estabeleceu a seguinte hierarquia em termos de prioridade de afectação dos 21 mil milhões de euros de fundos do QREN que vêm para Portugal:

1) Competitividade

2) Capital Humano

3) Investigação, Desenvolvimento e Inovação

4) Inclusão Social e Emprego.

Segundo o porta-voz do Governo que veículou a notícia, o Executivo considera que deixa de ser prioritário a utilização dos fundos comunitários europeus para a construção de auto-estradas e vias rápidas, uma vez que o País já detém as infra-estruturas compatíveis com os restantes parceiros europeus mais evoluídos, como o centro da Europa.

19/Setembro/2013

3 Comentários

  1. Rafael

    Gostaria de saber se estão abertos ou vão estar abertos num futuro próximo projectos a fundo perdido ou com um apoio para,no meu caso,melhorar e inovar as condições da minha adega na região de Alcobaça.

  2. gloria dias

    Gostaria de saber se estes apoios do Qren são a fundo perdido, ou se existem outros apoios aos quais uma pessoa se possa candidatar para a abertura de uma quinta (residencia) para idosos, e se sim quais e como concorrer? Obrigada

  3. Exmos. Senhores
    Gostaria de saber se apoiam ou se financiam o desenvolvimento de projectos piloto, em parceria com entidades públicas, no âmbito da eficiência energética e desenvolvimento sustentável.
    Obrigado

Deixe o seu comentário

 

TV ONLINE