BPI troca Sonae pela Jerónimo Martins

Aumento da instabilidade em Portugal levou o BPI Equity Research a trocar a Sonae pela Jerónimo Martins na sua lista das acções favoritas, já que a dona do Pingo Doce representa uma “aposta mais segura” nesta altura de instabilidade política e económica em Portugal.
 

O BPI Equity Research alterou a sua lista de acções favoritas (“core list”) na Península Ibérica, com a adição da Jerónimo Martins em troca da Sonae SGPS, citando o “agravamento da situação política e económica em Portugal”.

 

“Continuamos a ver a Sonae SGPS como uma oportunidade, mas o aumento da instabilidade em Portuga levou-nos a preferir apostas mais seguras no sector”, justifica o banco de investimento.

 

A Sonae SGPS entrou na lista das acções favoritas do BPI a 23 de Outubro do ano passado, tendo contribuído para a prestação positiva da carteira com uma valorização de 17,7%.

 

A “core list” do BPI continua a integrar a Acerinox, Almirall, Altri, BBVA, BCP, EDP Renováveis, Jazztel e Técnicas Reunidas. Entre as cotadas portuguesas que integram a lista, o BPI assinala que a Altri tem uma exposição limitada ao mercado português e o BCP já foi “severamente penalizado” pela exposição a Portugal e pode beneficiar com o desinvestimento no mercado grego.

 

Quanto à Jerónimo Martins, o BPI assinala que representa uma “proposta com valor”, com uma “posição mais defensiva nesta altura, já que a empresa é conduzida sobretudo pela sua operação na Polónia”.

 

O BPI tem uma avaliação de 18,65 euros para as acções da Jerónimo Martins. A empresa está hoje a subir 1,12% para 15,85 euros. Já a Sonae SGPS ganha 1,81% para 0,677 euros.    

 

Nota: A notícia não dispensa a consulta da nota de “research” emitida pela casa de investimento, que poderá ser pedida junto da mesma. O Negócios alerta para a possibilidade de existirem conflitos de interesse nalguns bancos de investimento em relação à cotada analisada, como participações no seu capital. Para tomar decisões de investimento deverá consultar a nota de “research” na íntegra e informar-se junto do seu intermediário financeiro.

Fonte: Negócios em 09/04/2013

Deixe o seu comentário

 

TV ONLINE